Qual A Lei Da Bncc? (Question)

Qual é a lei da BNCC?

É aprovada a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que em seu Artigo 26, regulamenta uma base nacional comum para a Educação Básica.

Quando foi aprovada a Lei da BNCC?

Em 20 de dezembro de 2017 a Base Nacional Comum Curricular ( BNCC ) foi homologada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Acesse a PORTARIA: Acesse aqui. Em abril de 2017, o MEC entregou a versão final da Base Nacional Comum Curricular ( BNCC ) ao Conselho Nacional de Educação (CNE).

O que tinha antes da BNCC?

O que existia antes da BNCC? Certamente não é a primeira vez que as escolas brasileiras se veem diante de diretrizes curriculares elaboradas pelo governo. Somente mais tarde, por meio do Programa Currículo em Movimento, incluiu-se uma proposta para o desenvolvimento de uma grade também para a Educação Infantil.

Quais as leis que dão embasamento para a elaboração da BNCC?

A elaboração de uma base nacional comum está prevista no Artigo 210 da Constituição de 1988 e no Artigo 26 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, de 1996. Além disso, a lei de 2014 que instituiu o PNE cita diretamente a BNCC como estratégia para o cumprimento das metas 2, 3 e 7 do Plano.

You might be interested:  Lei Que Garante Meia Entrada? (Perfect answer)

Quem aprova a BNCC?

O texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que hoje prevê que as alterações na BNCC dependem de aprovação do Conselho Nacional de Educação (CNE) e de homologação pelo ministro da Educação.

Quando a educação infantil foi incluída na BNCC?

Outro aspecto que ressalta-se é que a partir de 2013, ampliou-se a obrigatoriedade de matrícula de crianças na faixa etária de 4 e 5 anos. É desta forma que o documento insere a educação infantil na Nova Base Comum Curricular, como sendo “novo passo” dentro do processo histórico da educação escolar.

Qual a origem da BNCC?

A Base Nacional Comum Curricular ( BNCC ) começou a ser elaborada em 2015, a partir de uma análise aprofundada dos documentos curriculares brasileiros realizada por 116 especialistas indicados por secretarias municipais e estaduais de educação e por universidades.

O que muda na educação com a Base Nacional Comum Curricular?

A seguir, listamos algumas das principais mudanças que a Base Nacional Comum Curricular trará para a rotina do professor. Dentre elas, citamos a intensificação do novo olhar sobre a educação: o maior protagonismo do aluno, a maior inserção da tecnologia e as novas metodologias de avaliação.

Como a BNCC é aplicada no Ensino Médio?

A BNCC do Ensino Médio prevê como obrigatória, durante os 3 anos, os componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática. Além disso, a Base fala da flexibilização da organização curricular desta etapa, por meio dos itinerários formativos previstos na legislação brasileira.

Qual a diferença entre DCN e BNCC?

A BNCC foi elaborada à luz do que diz das DCN e, portanto, um documento não exclui o outro. “Fazendo uma analogia, as DCNs dão a estrutura, e a Base recheia essa forma, com o que é essencial de ser ensinado. Na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, nada estrutural mudou”, explica Deschamps.

You might be interested:  Lei Que Ampara O Professor Para Estudar? (Perfect answer)

Quantas versões da BNCC foram elaboradas?

Em três anos, foram elaboradas três versões que passaram por consultas públicas. A última versão foi aprovada pelo CNE no dia 15 de dezembro, depois de passar por audiências públicas em todo país.

Quantas competências tem a BNCC?

A BNCC tem como fio condutor 10 Competências Gerais que todos os alunos devem desenvolver ao longo da Educação Básica, ou seja, da Educação Infantil ao Ensino Médio. Essas competências visam assegurar aos alunos uma formação humana integral e, por isso, não constituem um componente em si.

Como citar a BNCC na referência Bibliografica?

O BNCC é um documento feito pelo Ministério da Educação, adotando a mesma regra dos documentos oficiais de outros Ministérios temos:

  1. Na frase (Citação Indireta): Brasil (2018);
  2. No fim de Parágrafo (Citação Direta): (BRASIL, 2018, p. 35);
  3. Referências: BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *